Principalmente a minha dor.
  Aprendi a ser assim. Ou melhor, era assim em várias reencarnações e nesta vida escolhi os melhores antagonistas do Mercado Kármico para uma pós-graduação de passividade (com honras).

 Faço coisa que não quero mas não digo que não quero fazer, apenas resmungo no canto e faço cara de merda. A pessoa que pediu o favor fica emburrada por associação e ambos brigamos sem ter dito uma palavra! Ê laia…

 Se eu digo “NÃO” e não faço algum favor, fico me punindo porque fico com pena da pessoa que pediu com carinho, ai evito ver nos olhos da tal pessoa de vergonha por me sentir egoísta. E novamente acontece algo sem que ninguém diga uma só palavra.

 Ou outra opção (nada saudável por sinal) é tentar falar o que desejo de uma forma que ninguém saia ofendido – impossível pra não dizer o mínimo – mas no final me embanano toda e a pessoa olha pra mim com cara de “WTF???????”

 Porque será que tenho tantos problemas de garganta e brigas desnecessárias? Dããã!!!!

 O mais engraçado (?) é que tudo acontece na minha cabeça! Não posso esperar que as pessoas leiam meus pensamentos (tá certo que minha cabeça é branca, mas não é transparente né?)

 Why is this happening to me, why?
 Ah! Vou comer pudim de banana que ganho muito mais…