O Sol em mais um dos seus  “ataques xiliquentos”

Ontem o Sol estava de matar. Vi todo mundo reclamando – as mesmas pessoas que estavam reclamando das chuvas da semana passada (ô gente insatisfeita sô! Rs…).

Em termos gastronômicos, a gente escolhe morrer ensopado ou grelhado (em dias quentes com chuva, seria o quê, cozidos a vapor?).

Todo mundo se fode com isso, mas para branquelas como euzinha que nunca pegam um bronze apenas insolação, é um tormento sem tamanho!
E tudo graças a Vivo! Não, a Vivo não causou o efeito-estufa mas sim bloqueou meu celular (no próximo post conto com maiores detalhes dessa epopéia Telefônica) e por causa disso tive que andar ao meio-dia num Sol de rachar procurando pessoas numa feira-livre que também estavam com o celular bloqueado. Ou seja, cagada pouca é bobagem – nem lembro se é assim a frase original, meu cérebro está cozinhando em banho-maria no crânio.
Realmente, vou precisar de muita casca de banana, bolsa de gelo e água pra tirar esse calor de mim. Até as lágrimas estão quentes…

 Como eu te entendo cara!

Agora preciso rever o Titanic e todo mundo caindo naquela água geladinha, cheio de icebergs…ah, até refresca só de imaginar…