camapanha MÊS DO FODA-SE peq
Este post é para explicar como vai funcionar o VEDA no youtube a Campanha de abril do Foda-se. Sim, porque existem várias maneiras de soltar um Foda-se, ele é muito mais profundo do que a gente imagina.

Você deve estar rindo, mas isso é mais sério do que parece, embora seja realmente muito engraçado, só rir disso já dá bastante alívio, não é mesmo? Bem, vamos lá, existem 2 tipos de Foda-se:


1-
Aquele em que a gente quer que as pessoas e as situações que nos torram realmente se fodam, é quase um tom de vingança, um prazer de ver o outro se fuder.

2- O foda-se da campanha, que não é vingativo mas, uma maneira de tirar a importância que damos à pessoas, fatos e situações que realmente não tem tanta importância assim, e que vivem enchendo o nosso saco, como por exemplo:

 

No texto “Você vive preocupado com o tempo?” em que eu explicava como estava estressada pelo fato do vídeo com a receita dos Ovos de páscoa sem glúten e sem lactose não ter saído no “tempo” que eu julgava certo, ou seja, antes da Páscoa.

No caso eu estava dando muita importância para o fator “tempo” e me esquecendo que era somente uma data e que as receitas poderiam ser usadas em qualquer “tempo” do ano, ok?

 

Daí me veio o “ah! Foda-se, se não deu tempo de sair antes da Páscoa pelo menos saiu no dia da Páscoa”.
 Isso me deu um alívio e o Foda-se teve a conotação de “isso não tem importância, tanto faz”, o que me tirou um peso das costas me deixando livre e feliz.

Esse é o tom da campanha, aquilo com que você se preocupa demais e não te deixa dormir ou viver feliz, aí, você usa o Foda-se tira a importância e tudo fica em Paz, entendeu?

 

Então quer participar da campanha, deixe seus comentários aqui ou no vídeo VEDA e Campanha do mês de abril, compartilhe com os amigos que também vivem estressados, vamos fazer do mês de abril um mês de libertação, ou seja, o Mês do Foda-se.

 

Se você se importou muito com o termo “Foda-se”, reveja o porquê tem tantos problemas com palavras que são consideradas de baixo calão, quem convencionou isso, não sei se você já percebeu, mas tem pessoas que não falam palavrão, mas são tão agressivas e maldosas que o “Eu te amo, ou “gosto de você”, ou “querido/a” soa tão falso que seria preferível ouvir um Foda-se com mais amor, porque o que vale não é a palavra em si, mas a emoção colocada nela.

Se você gostou e quer participar, venha conosco, vamos todos mandar os nossos problemas para o lixo em alto e bom som um enorme FODA-SE!

Um bj e um feliz mês do Foda-se para você!

~