SEXO, GRANOLA E ROCK

Faça-você-mesmo sua vida (Do-it-yourself your life)

Tag: Vida Cristal

REVIEW DO SERIADO THE WRONG MANS (1º Temporada)

10710215_398315903662801_292586174943206280_o

 Nossos heróis arrumando altas confusões
(momento “narração Sessão da Tarde”)

Olá cambada, tudo bom?

Aproveitando o fim-de-semana para ver filmes e seriados e ficar debaixo das cobertas, resolvi rever uma das minhas mini-séries britânicas favoritas chamada THE WRONG MANS.
Fazem mais de 2 anos que traduzi a série, mas por algum motivo não postei aqui. Hoje juntarei o útil ao agradável.

É difícil falar da trama sem dar muitos spoilers, então serei breve: tudo começa quando Sam Pinkett (Mathew Baynton, da série Horrible Histories), de porre após uma festa, acorda atrasado para o trabalho na câmara da prefeitura de Berkshire. Ele está infeliz porque além de ser empregado da atual ex-namorada, odeia seu emprego.
Mas tudo muda ao presenciar um acidente de carro e descobrir um celular no local que ao tocar, diz uma mensagem que mudará sua vida e a do Phil Bourne (interpretado por James Corden, o novo queridinho dos talk-shows americanos e do filme CAMINHOS DA FLORESTA), mensageiro com poucos amigos que trabalha na câmara e tem uma mente bem criativa (as melhoras piadas vem dele).

E só falarei isso, porque há muito suspense e comédia nos 6 episódiao de 30 minutos, cada qual acaba com um gancho emocionante, fazendo-nos implorar ver o próximo episódio.

Adoro essa série porque juntou tudo que amo: humor inglês, ação e homens lindos. O timming humorístico misturado com o drama e ação é fantástico, a história é muito bem costurada e embora seja curto, tem um ótimo desenvolvimento.
Sam é o mais comedido e medroso que está buscando um novo sentido na vida., e o Phil é o sonhador que anseia por aventuras empolgantes- mesmo quando não precisa!

Mas eles tomam tantas decisões idiotas e hilárias que não tem como não ficar com dó e raiva de tamanha estupidez!

Ah, e tenho uma quedinha pelo casaco Duffle do Sam – e por ele também, que é um fofo na vida real.

11141377_1641567239398219_6727986378507973820_o
EU QUERO ELE PARA MIM!
(estou falando do CASACO! mas se o Mat vir junto não ligo não 😉 )! <3

A única coisa que não curti muito foi a ex-namorada. Não por motivos de “ciúmes de fã” mas porque não achei que eles tinham química. Sei lá, não acreditei que ela tivesse algum real sentimento por Sam Pinkett.

11256861_1641570272731249_1465503187274873870_n

Eles formam um belo “Bromance”

A série foi feita pelos dois atores que questionavam filmes de ação como James Bond e “A identidade Bourne” (será por isso que Phil tem esse nome?) com perguntas do tipo: “James Bond pega avião e vai na classe econômica? Será que ele pede comida vegana?”
Passados uns 7 anos para concluir o roteiro, eles acharam investidores, ai o projeto saiu do papel e o resto é história.
O seriados e eles foram indicado à vários prêmios britânicos, como o BAFTA.

E tem uma 2º temporada que estamos traduzindo, assim que concluir coloco aqui no blog, ok?


2013 THE WRONG (WO)MANs_by_Dianah-B
CURIOSIDADES:

Gostei tanto da história que fiz esses retratos-caricaturas dos personagens. O motivo é bem idiota: Sam Pinkett como Amy Winehouse foi porquê há uma cena que ele está triste – com esses olhos de cachorro pidão – e na hora lembrei da canção “Back to Black”. Mas minha mente doentia pôs a peruca nele, aí ri feito doida, não resisti e desenhei!
No Caso do Phil Bourne como Adele, foi porque ele fala no seriado a frase “I roll deep”.
Foi bem simples a idéia, a piada estava praticamente pronta. E ele ficou lindo com esse topete 😉

Assim que terminei, mandei para o diretor/produtor da sére, Jim Field Smith. Ele gostou, compartilhou e o Mathew Baynton retwitou também! Nem precisa dizer que fiquei orgulhosa do meu trabalho aparecer do outro lado do atlântico. 😉

twitter The Wrong Mans


Enfim, espero que tenham gostado da resenha. Realmente não posso contar muito para não estragar as futuras surpresas.

HORRIBLE HISTORIES: Dick Turpin Highwayman (Legendado PT-BR)

Paródia da banda “Adam and the Ants”. Músicas originais abaixo.

Tradução e Legendas: Dianah B
Revisão: Nanci Tgo L.

Tradução em português (Brasil) do show infanto-juvenil Horrible Histories.
(no Brasil tem o título “Deu a Louca na História”. Passava na Cultura e agora na TV Escola).

Curta e se Inscreva no canal!

HORRIBLE HISTORIES: Do the PACHACUTI!

 

pachacuti
Em mais uma descoberta via youtube, achei esse vídeo e agora viciei nessa música.
Ela é horrível, violenta, nonsense e H-I-L-Á-R-I-A!!!!!
Do the Pachacuti!
Sério, além de ficar chocada ao relembrar como a história humana tem gente maluca (ah, no passado as coisas não eram violentas como hoje em dia, sei… ri feito uma retardada a tarde toda.
Fiz uma tradução para compartilhar com o Brasil esse maravilhoso show infanto-juvenil (!) da BBC chamado HORRIBLE HISTORIES. São baseados nos livros do mesmo nome e mostram fatos verídicos com muito senso de humor .

Ah ingleses, só vocês para fazer essa pérolas de humor negro com a história humana.

England, I LOVE YOU!

[vimeo https://vimeo.com/100071354 w=400&h=225]

Tradução em português (Brasil) do show HORRRIBLE HISTORIES, da BBC.
(no Brasil tem o título “Deu a Louca na História”. Passa na TV Escola).

Tradução:  Dianah B
Legendas: Dianah B
Edição e Revisão:Dianah B e Nanci Tgo L

Todos os direitos reservados ao programa HORRIBLE HISTORIES (Terry Deary, Martin Brown, Mathew Baynton, Simon Farnaby, Martha Howe-Douglas, Jim Howick, Laurence Rickard, Ben Willbond ) e o canal BBC.

Curta e se Inscreva no canal!

—————————————-­———————

Copyright to TV Show HORRIBLE HISTORIES (Terry Deary, Martin Brown, Mathew Baynton, Simon Farnaby, Martha Howe-Douglas, Jim Howick, Laurence Rickard, Ben Willbond ) and BBC channel.

Like and Subscribe in this channel!

—————————————-­———————

Copyright Disclaimer Under Section 107 of the Copyright Act 1976, allowance is made for “fair use” for purposes such as criticism, comment, news reporting, teaching, scholarship, and research. Fair use is a use permitted by copyright statute that might otherwise be infringing. Non-profit, educational or personal use tips the balance in favor of fair use.

CUPCAKES de Banana sem Glúten e Lactose

CUPCAKES DE BANANAS

Os cremes são de leite condensado de soja caseiro, mousse de chocolate e morango, receitas criadas pela minha mãe. Quem come nem desconfia que é sem lactose!

Não sou uma pessoa tarada por doces (principalmente chocolate). Gosto, mas como pedacinhos durante o dia, nada do nível “comer uma caixa de BIS em 1 minuto”. No meu paladar, todo doce deve algo cítrico. Torta de limão é um exemplo dos meus doces favoritos.
Fora o fator PREGUIÇUS AGUIDIS  na hora de enfeitar os docinhos. Apesar de achar lindo Cupcakes sou do tipo “tasca tudo na fôrma e vai com Deus”. Decorar bolo só quando é um evento importante ou quando acordo com paciência.
Mas ultimamente estou com uns “desejos de gravidez psicológica” (existe isso?).  Sei lá, mas a minha criança interior está implorando por doces bonitinhos e úmidos.
E foi nesse desespero noturno que encontrei no site SEM GLÚTEN SEM LACTOSE essa receita e AMEI o resultado!
Modifiquei um pouco com outros ingredientes extras e saiu lindo no forno, logo na 1º tentativa!Fica úmido, saboroso e super fácil de fazer! Abaixo, a receita original:

Cupcake de Banana ou Maçã

  • Preparação: 05 min.
  • Cozimento: 10 min.
  • Fica pronto em: 15 min.

Ingredientes

Instruções

  1. Misturar tudo, não precisa batedeira,dá para bater à mão mesmo.
  2. Colocar as forminhas de papel na forma de alumínio (própria para cupcakes ou utilizar forma para de pão-de-queijo grande), não precisa untar e vai colocando as colheradas de massa até a metade da forminha.
  3. Coloque em forno pré aquecido por 10 minutos.
  4. Após retirar espalhe a cobertura desejada (ver sugestão acima).

Cupcake de Banana

E rende bastante. como tinha poucas formas redondas, fiz o resto da massa na forma de bolo inglês mesmo. Rendeu uns 20 cupcakes baixinhos. Na próxima vou testar colocar mais massa nas forminhas de papel. Já vou fazer mais essa semana!

Quem quiser essa e muitas outras receitas bacanas é só visitar o site SEM GLÚTEN SEM LACTOSE.

Paródia da Adele – Someone like You

Olha, eu adoro a Adele, suas músicas e sua capacidade de usar a dor de um coração partido através da arte, mas que esse vídeo é fantástico, isso tá!
Tanto ela quanto o Adam Levine (cantor do Maroon 5) tem esse método “vamos meter o pau nos nossos ex num CD e ganhar fama”.
Novamente, adoro os dois, mas não me meteria com eles não, vai que escrevem coisas desse tipo a meu respeito, hauahauhauha.

Realmente toda história tem 3 lados: da ‘vítima’, do ‘culpado’ e a Verdade.

Traduzi rapidinho e algumas partes estão toscas, mas é muito foda! Os cara do Key of Awesome sempre inventam ótimas paródias!

Letra que traduzi abaixo:

Eu escrevi outra música sobre
Meu ex-namorado punheteiro, ele é um palhaço sem valor
Seu nome é Timothy Matthews
ele vive no nº 5 da Rubbish Road, apartamento nº 22
Por favor assedie ele no Facebook até ele perder a paciência
Se você o vir na rua você deve chutá-lo no saco
Empurre-o da escada e puxe-o pelas narinas
Eu mencionei
Que ele tem Herpes (e verrugas)
Eu nunca vou parar de falar merda sobre você
Não desejo nada além de vermes no rabo
Do Timmy Matthews
Se você cruzar o meu caminho
Você tá morto
Vou me esconder debaixo da tua cama
Da próxima vez que checar seu e-mail
Você vai encontrar a cabeça da sua nova namorada

Oi Adele acho que você perdeu o sentido da coisa não? Dois podem brincar desse jogo
Me dá aqui esse microfone
Adele tem Transtorno Bipolar
Ela é uma bêbada zangada e coleciona gatinhos
Ela deixou de fora o verso aonde ela me traiu
Com todos seus fãs (roadies) e o Mr. Bean
Sempre te trouxe flores e dizia ‘saúde’ quando você espirrava
Você gritava comigo em público, arrotava e peidava quando te dava vontade
Você ofereceu-me um pouco de amor
então me fez cheirar seu peido debaixo do cobertor
E ainda me meteu porrada no Natal
Todas as suas músicas são falsas
Eu peguei herpes e verrugas no pênis de você
Crianças dizem para mim “vê se morre”
E  jogam milkshakes na minha cabeça
Até a Rainha disse uma vez
Foda-se, namorado da Adele

Deixa pra lá todas essas coisas sobre o Tim Matthews.
Em vez disso, vamos nos focar no Neal Kent do primário
Porque ele costumava chutar a minha cadeira
E colocou cola no meu cabelo
E me chamava de cabeça de repolho
Vamos arruinar sua vida de vez
Não sei porque tenho tantos problemas com homens

%d blogueiros gostam disto: